Feeds:
Posts
Comentários

learning

Opa pessoal!  Um tempo já sem postar algo sobre English.  Hoje vou apresentar um assunto bem interessante no inglês: “TAG Questions”.

Mas o que seria TAG Question? Simples, são aquelas perguntinhas que queremos fazer após uma frase afirmativa ou negativa. Que em português falamos:

José está namorando com Maria, não está?” “Carla está viajando, não está?”

Agora veremos em English alguns exemplos:

  1. You are dating Chris, aren’t you?

  2. She is going to Travel to the U.S.A, isn’t she?

  3. She is not going to travel to the U.S.A, is she?

  4. They have a car, don’t they?

  5. The car is broken isn’t it?

  6. He didn’t buy a house, did he?

  7. The server is down, isn’t it?

  8. The car is broken, isn’t it?

  9. You have already traveled by plane, haven’t you?

  10. She should not go to the doctor, should she?

  11. You can speak English, can’t you?

  12. You can’t speak English, can you?

  13. She could come with you, could not she?

  14. You can speak English, can’t you?

  15. She could come with you, could not she?

  16. She could not come with you, could she?

Uma regra importante: quando a frase está na afirmativa a tag questions fica na negativa. O mesmo se aplica ao contrário.

Pay attention: Há uma exceção para a primeira pessoal na negativa, veja:

I am not tall, am I ?

I am tall, aren’t I?

Não usa “am not I”. Isso é regra da gramática, é comum acharmos que seria “am not I”. Então quando ver “aren’t I” como tag question não ache que foi erro do autor. Pois, como toda gramática, há sempre suas exceções.

Um abraço e espero que tenham gostado do post.

Anúncios

IX SINFORM/UESC Eu lá

IMG_0127

Post recomendados:

Por que aprender inglês? Descubra..

Opa ! Mais um SINFORM aconteceu na semana passada na cidade de Ilhéus,BA, tendo como organizadores os próprios alunos da universidade do curso de Ciência da Computação. E o AI IBM não poderia ficar de fora de um evento como esse.

Sobre o evento não há o que falar, realmente bem organizado, palestrantes de todo o canto do Brasil e de empresas grandes como Google, IBM, SeaTecnologia etc. Enfim foi um grande evento, parabéns aos alunos da UESC, aos professores e aos palestrantes que levaram excelentes temas para discussão.

Já não podemos esperar pela X SINFORM. Não poderíamos deixar de falar também do SINFEST, o qual veio com chave de ouro para fechar o ultimo dia do IX SINFORM. Galera animada, muita gente bonita e carismática, ficou na saudade e um gostinho de Bis.

Não poderia deixar de agradecer pela hospedagem, que foi uma forma de todos os palestrantes se conhecerem e  colocar aquele velho papo em dia. Abaixo algumas fotos do nosso lazer:

sinformhotel

Sinform 008

Eu, Hugo Santana e Alexandre Gomes

Um pouco do que aconteceu na IX SINFORM

Marquei presença na sexta-feira (02), onde apresentei uma palestra sobre “Carreira Java & Oportunidades IBM” pela tarde. No período da manhã foi ofertado aos alunos um mini-curso “desenvolvimento Java com ferramentas IBM RAD/RSA”, tendo como objetivo apresentar a nossa ferramenta para desenvolvimento de aplicações em Java, aproveitando o momento foi apresentado as diferenças de usar RSA/RAD x Eclipse. E vimos um pouco na prática como é bom desenvolver com RSA.

Abaixo algumas fotos do Evento :

sinform

IMG_0340

SDC12074

SDC12072

Sinform 001
Eu e Hugo Santana (Eng. de Software – Google/Brazil)

Após o evento, fomos convidados pelos alunos para o SINFEST. Uma festa de confraternização realizado todos os anos no último dia do SINFORM:

euoniram

Eu e Oniram (aluno do sétimo semestre e organizador do evento)

sinfest

Obrigado a todos que participaram da minha palestra e ao Oniram pelo convite. A próxima parada agora será na cidade de Jequié, BA na UESB, para a primeira semana de informática do sudoeste da Bahia – SISB.

See ya, Guys!

stressprogrammer

Olá Pessoal,

O post de hoje é pequeno, mas muito importante, principalmente para quem está usando o eclipse para desenvolvimento JEE, tendo dynamic web project como base para os projetos.

Lets go..

Post relacionado:

Há uma pequena diferença quando quer conectar Java Desktop & Java JEE com um BD. No desktop basta ir em properties do projeto ==> java Build==> libraries e add external jars. Done! Tudo funcionando com o BD + Java. Mas com JEE não funciona exatamente dessa forma (deveria, mas não funciona). Quando tentar seguir o mesmo procedimento desktop na plataforma JEE, vai se deparar com algumas horas de stress se você não estiver atendo aquela hierarquia de onde ficam as coisas na plataforma JEE. Tais como:

lib = .jars

classes = .class

web-inf = web.xml

O stress maior será quando tentar inserir algo no BD e simplesmente não vai acontecer. Alguns gastarão horas e horas tentando rever code, conection etc, quando o problema é do Eclipse. O motivo vem logo a seguir…

O problema Quando importamos um .jar do DB tendo um dynamic web project, simplesmente o eclipse não se importa com arquivo para o projeto real, se sairmos do eclipse e ir no projeto, veremos que a pasta lib encontra-se vazia.

A solução é copiar manualmente o driver de conexão do BD para a pasta lib do seu projeto e no caso para quem usa pool de conexao e tem o  TomCat como servidor deve colocar na pasta lib.

No Tomcat 5.5 deve colocar os jar dentro da pasta Tomcat 5.5\common\lib
No Tomcat 6.0 o jar dentro de Tomcat 6.0\lib

Para executar aplicação, vá em Run  as == Run on Server.

Espero que tenham gostado do post, principalmente quem está começando a desenvolver usando dynamic web project. Abraço e até o próximo post e bom feriadão!

cartaz

Opa Pessoal! De 26-30/Outubro vai acontecer a primeira semana de informática do sudoeste da BahiaSISB, realizado pelos alunos da Universidade estadual do Sudoeste da BahiaUESB e FTC . O evento promete fazer a última semana do mês de Outubro inesquecível para quem marcar presença. O evento contará com uma pessoa importantíssima no cenário Java com mais de 10 anos de experiência… Estou falando do Serge Rehem, profissional que admiro, mas infelizmente estamos em dias diferentes.

O tema da minha palestra será sobre SOA, onde irei abordar a tecnologia, mercado, perfil profissional etc. Aqueles que somente já ouviram falar ou não tem ideia do que seja do que é um MainFrame terá a oportunidade de obter informações com o colega/especialista Jair Noronha.

Para quem pretende participar, as inscrições já estão abertas. Faça a sua here

Programação SISB

Abraco a todos, see you there!

sucessfulman

Olá pessoal! Nesse post apresentarei como conectar à um DB(Mysql) + JSF usando o padrão DAO. Vejam como será algo bem simples de fazer. Aqui vamos criar uma aplicação que grava nome e o email dos clientes, tendo como IDE o Netbeans.

Lets go…

posts da série:

Série 1 Aplicações JEE com JSF

Série 2 JSF: Criando um newsLetter -NB

Requisitos:

  1. Netbeans 6.7

  2. Mysql instalado

Passo 1

Criar um schema e uma tabela no mysql com o nome que achar conveniente, aqui chamamos de livraria (schema) e clientes (tabela).

Os campos para tabela foram:

id – Integer – autoincrement

nome – varchar

email – varchar

Passo 2

Crie um projeto chamado CadCliJSF e escolha o framework JSF. Se tem dúvida, veja o primeiro post da série.

Vamos Criar a classe de conexão com banco de dados. Para isso, crie um new package: br.com.camilo.util e coloque a classe nesse package. Chamamos aqui de ConnectionFactory

jsfbdnb1

jsfbdnb2

passo 3 cliente.java

Crie agora o JavaBeans chamado cliente dentro do package br.com.cliente.

jsfbdnb3

passo 4 DAO.java / ClienteDAOImp.java

Crie um package chamado br.com.camilo.dao e coloque a classe dentro desse package.

Agora vamos criar uma interface DAO.java que possui os métodos de ação com o DB. Nesse caso teremos apenas o salvar. Abaixo o code da interface.

jsfbdnb5

passo 5

Criando a classe que implementa os métodos da interface DAO. Observe que assim fica mais fácil a manutenção e o reuso de código também. Portanto no package br.com.camilo.dao crie uma classe que implementa os a interface dao.java. Aqui chamados de ClienteDAOImp. Veja o code:

jsfbdnb6

jsfbdnb7

passo 6

Crie um package br.com.Controler e crie uma classe chamada CliControler.java. Esta classe executará as ações com base no que foi solicitado pelo usuário. Se este clicar em salvar, o controlador vai chamar o método salvar da interface dao.java implementado pela classe CliDAOimp.

jsfbdnb8

passo 7

Crie os arquivos abaixo.

jsfbdnb9

Agora altere o arquivo formAutor.jsp conforme o code a seguir. Adicione o code abaixo entre <body> </body>

jsfbdnb10

Agora altere o arquivo menu.jsp:

Para o arquivo forwardToJSF.jsp deixei assim: <jsp:forward page=”menu.jsf”/>

Para o arquivo cancelado.jsp deixe conforme a imagem abaixo:

jsfbdnb11

Agora vamos configurar o arquivo face-web.xml. Portanto deixe conforme abaixo:

jsfbdnb12

jsfbdnb13

Running….

jsfbdnb14

jsfbdnb15jsfbdnb16

Vou ficando por aqui e espero que tenham gostado da série JSF c/ Netbeans. Muito simples e eficiente. Até o próximo post. Abraco !!

sinform

Olá Pessoal,

Quero convidar à todos para o SINFORM – UESC, que vai acontecer na semana que vem de 28/09 – 03/10.  Estarei presente no evento como palestrante  e instrutor do mini curso desenvolvimento java com RSA.

O evento:

A Semana de Informática da Universidade Estadual de Santa Cruz UESC (SINFORM) é um evento anual promovido pelo Centro Acadêmico de Ciência da Computação (CACIC), Departamento de Ciências Exatas e Tecnológicas (DCET) e o Colegiado de Ciência da Computação (COLCIC).

O evento visa promover o intercâmbio científico entre estudantes, professores, empresários e pesquisadores da área de computação em nível nacional, bem como a atualização técnico-científica dos mesmos, divulgando o potencial dos futuros profissionais da região e oferecimento de cursos de treinamento para comunidades carentes, contribuindo para a inclusão digital.

Em paralelo com a SINFORM, teremos a realização do WTIC (Workshop de Trabalhos de Iniciação Cientifica) que tem como objetivo a promoção de um espaço para que estudantes de computação tenham a oportunidade de publicar seus trabalhos científicos. Outro evento importante que ocorrerá em paralelo será o INFBA (Cursos de Capacitação em Informática Básica), que possui o objetivo de proporcionar capacitação técnica à comunidade do Salobrinho e estudantes da terceira idade da UESC, tentando com isso facilitar o ingresso dos nossos alunos no mercado de trabalho e dando a estes a oportunidade de crescimento profissional.

http://www.cacicuesc.com.br/sinform2009/#

Vejo vocês lá!

programmer

Ae, pessoal! Nesse post vou mostrar uma funcionalidade com JSF: a criação de um newsletter com o recurso de campos required. Em outro post sobre JSF apresentei o framework que, como esse, facilita a criação de formulário com validação de dados. Nessa vamos ver a utilidade dentro de algo bem comum em paginas web, os newsletters. Para não ficar um post muito grande não envolvi armazenar os dados em BD usando JSF. Mas JSF + DB fica para um outro momento. Do not worry guy! 🙂

 Lets go...

 Outros Posts

  1. Primeiramente, crie um projeto no seu Netbeans e chame esse de Newsletter.

  2. Clique em next e diga que vai usar o JavaServer Face como framework.

  3. Na proxima tela altere a imagem como abaixo:

    jsf1

  4. Agora vamos criar nossa classe JavaBean, então clique com o botão direito no projeto e escolha Java Class e dê o nome NewsletterBean e no package coloque br.news.bean

  5. Precisamos criar as variáveis que tem relação com os campos do formulário, então temos que criar a variável nome e email e permitir o acesso via get/set.
    codenews1

  6. Em seguida temos um método que vai verificar ( acao () ) o que foi digitado antes de “cadastrar” os dados em um possível BD. Esse método retorna uma String pois a partir dessa string o JavaFaces toma as decisões.

    codenews2

  7. Crie um arquivo .jsp chamado sucesso.jsp e deixe da forma conforme abaixo

    sucessonews

  8. Mude o nome do arquivo welcomeJSP.jsp para index e deixe conforme a seguir

    indexnews

  9. Abra agora o arquivo faces-config.xml no formato XML.

  10. Clique com o botão direito em qualquer local e escolha a opção conforme a imagem abaixo

    faces

  11. Na tela que abriu deixe conforme a imagem a seguir. Assim estamos configurando nosso arquivo para saber qual Bean chamar, bem semelhante como fazemos com o mapeamento usando Servlet.

    faces2
    obs.: a mensagem em vermelho nao deve aparecer quando esse procedimento é executado pela primeira vez.

  12. Faça o mesmo procedimento do passo 10 e escolha Add navigation Rule e deixe como a imagem a seguir. Assim definimos quem será nossa página inicial

    facerule

  13. Seu arquivo faces-config.xml deve estar semelhante a imagem a seguir.

    faces3

  14. Escolha o modo PageFlow e faça o link como na imagem a seguir. Não esqueça de colocar o nome de cada case. Observe que em caso de falha ele mantém a pagina e no caso de sucesso ele vai para página sucesso.jsp. Se você fez a renomeação, sua página deve ser index.jsp inves de welcomeJSF.jsp.

    faces4

  15. Agora teste sua aplicação, clique com o botão direito no projeto e em seguida escolha Run. Veja os testes que fiz:

    facetest1

    facetest2

    facetest3

    facetest4

Abraço a todos e espero que tenham gostado do post, principalmente aqueles que estão iniciando os estudo com JSF. Até o próximo post.